domingo, 28 de maio de 2017

04.05.2017 - No Projeto "Visita Guiada", pela Biblioteca Pública de Sanata Catarina - Narração de Histórias Cênicas, pela Academia Brasileira de Contadores de Histórias - ABCH (Matriz): Tarde de #História da Dona Piolhina: Uma Contadora da própria Histórias.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e sapatos
O Público chegando.
DONA PIOLHINA
Ela CONSEGUIU mostrar às crianças sobre a vida dos parentes piolhos e suas estadias no couro cabeludo a se fartar de sua alimentação favorita: Sangue fresco. Também mostrou um pouco da Dona Sarna.  
A Dona Piolhina narra sobre sua vida e toda a sua prole. Com ela, vem Dona Sarna para falar, também sobre sua morada e alimento favorito...
 Uma gosta de dizer coisas sobre a casa da outra. As crianças vão tecendo um diálogo com as duas Senhoras. E tem aqueles que coçam a cabeça a falar sobre sua higiene em casa.
 Foi uma narrativa cheia de informações através do lúdico a incentivar as crianças ao banho diário. Demais momentos necessários à higiene do corpo e de momentos como esse: De estímulo ao saber... Tudo sem compromissos com as práticas pedagógicas sob esta ou aquela obrigação de desenvolvimento de conteúdo de ensino; nem de estar atrelado à escuta exigida pelo sistema. 
Até o Tio Alonso e sua barba sempre vasta e graúda entrou na roda de histórias. 
Mediação de leitura Animada.
Nessa mediação não se segue os modelos de leitura da sala de aula: Onde o professor ler e fica a cada narrativa, mostrando as imagens aos ouvintes. Uma prática que dificulta o processo imaginário no bom desenvolvimento do processo criativo dos sujeitos que ouvem e ao mesmo tempo vão constituindo as cenas de acordo com o que vai passando pelo seu imaginário - uma viagem livre das ilustrações prontas. Após a narrativa, com o livro a guardar os segredos dos fatos: cenários, personagens e outras características, cada ouvinte pode expressar o que conseguiu ver durante a narrativa. pode-se prpor uma "Roda de Apreciação". Momento produtivo para crianças e adultos. muitas perguntas e todas as respostas vão pulando de dentro de cada envolvido... sair dos padrões do sistema escolarizante, é uma viagem única para educandos e educadores.
E a Velha que criava uma bicharada debaixo da cama, também resolveu aparecer e fechar a Roda de Histórias.
foi quando todos se envolveram a mergulhar no encantamento de ouvir e contar - contar e cantar...

Texto: Narradora/Mediadora: #Claudete T da Mata.

Mensagem de Andréa Rihl: O caminhar deixa pegadas..... que seja de crescimento , encantamento e um profundo estado de amor! Só assim fará diferença neste mundo que muitas vezes se mostra obscuro,refletir dialogar e prosseguir sempre!!!