segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Retificação de Edital de Eleição - ABCH 2016-2018

A Academia Brasileira de Contadores de Histórias (ABCH-Matriz) torna público o Edital de Eleição para a Nova Diretoria 2017-2018.

Foi Retificado neste Edital a composição da Comissão Eleitoral



Gestão 2016-2018

EDITAL 014/2016

Estabelece atribuições, calendário e dá outras providências para Convocação da Eleição dos membros da Diretoria da Academia Brasileira de contadores de História (ABCH), para a gestão 2017-2018.

CRISTINA MAGDALENO LOPES, PRESIDENTE DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CONTADORES DE HISTÓRIAS (ABCH), no uso de suas atribuições legais, de acordo com o Estatuto desta entidade, com base no Capítulo X, torna público que estão abertas as inscrições de chapas para a eleição dos membros titulares e suplentes da diretoria da ACB. Portanto, ficam convocados os membros da ABCH para a votação online, que será realizada no dia 7 de dezembro de 2016, das 8h às 19h deste dia de votação. O processo ocorrerá via internet e com a presença da Comissão Eleitoral na Sede da ABCH para computar os votos e divulgar o resultado. Todos os Acadêmicos empossados são convidados a participar da Assembleia Ordinária. Informamos que, conforme o Estatuto da ABCH, poderão votar a ser votados todos os Acadêmicos m pleno gozo de seus direitos estatutários exceto os Honorários e Beneméritos – O Acadêmico que deixar de cumprir o dever do voto não terá desconto nos cursos, convênios e eventos promovidos pela ABCH durante um ano, a contar da data de eleição, receberá correspondência comunicando a perda deste benefício. Serão dispensados do voto os Acadêmicos que comprovarem motivo de força maior, como doença ou ausência do seu domicílio eleitoral com parecer deferido pela diretoria. LOCAL DA ASSEMBLEIA ORDINÁRIA: Rua Gumercindo Ferreira, nº 16, Capoeiras, Florianópolis – SC. COMISSÃO ELEITORAL: A comissão eleitoral constitui-se dos seguintes Membros Acadêmicos: 1) Sandro Moacir de Campos; 2) Andréa Rihls Gomes; 3) Maria Auxiliadora Duarte (Dora Duarte). REGISTRO DAS CHAPAS: Deverá ocorrer do dia 22 de novembro ao dia 7 de dezembro de 2016. VALIDADE DO MANDATO: Dois anos. INSCRIÇÕES DAS CHAPAS: As chapas deverão ser inscritas com o preenchimento do formulário disponibilizado na Fanpage Patronos da Academia Brasileira de Contadores de Histórias e encaminhar o formulário preenchido pelo email: claudete_tm@hotmail.com, a partir do dia 22 de novembro de 2016 até às 23h59min do dia 7 de dezembro de 2016. Uma mensagem que confirmará o recebimento da nominata da chapa será enviada pela secretaria da ABCH, por e-mail, ao remetente da mensagem, que se responsabilizará pela veracidade das informações. A nominata deverá conter, ao lado de cada nome, o cargo ao qual o candidato concorrerá. COMPOSIÇÃO DA CHAPA - Cada chapa será composta pelos membros a seguir descritos, de acordo com o Estatuto da ABCH: I – Presidente Executivo, II – Vice-Presidente, III – Secretário Geral, IV – Secretário Suplente, V – Tesoureiro Geral, VI –Tesoureiro Suplente, VII – Bibliotecário (com registro no CRB). As competências de cada um dos integrantes da diretoria são descritas no Estatuto da ABCH, Capítulo X. CALENDÁRIO OFICIAL - 1) 22 de novembro de 2016 - Lançamento do edital de eleição da diretoria. 2) 22 de novembro a 7 de dezembro de 2016 - Inscrição das chapas. 3) 7 de dezembro de 2016 – Assembleia na sede da ACB para eleição e apuração dos votos. 4) 12 de dezembro de 2016 – Assembleia para a posse da nova diretoria e eleição do Conselho fiscal. Registre-se e publique-se.

Florianópolis, 28 de novembro de 2016.
Cristina Magdaleno Lopes - Presidente Executiva da ABCH (2015-2016)

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

12.11.2016 - Workshop: Brincantando a Cultura Popular - Ministrante: Acadêmica Patrona da ABCH - Rosilda Figueiredo, de Minas Gerais.

A ministrante trabalhou repertórios da nossa tradição oral brasileira.
Pontualmente, a Acadêmica Rosilda, na companhia de Mestre Francisco Gregório, abriu o Workshop sob uma chuva de palavras de aprendizado voltado à arte de contar histórias.  
 Um início com relaxamento, eu diria, da alma a abrir as portas do coração. Um só coração tem mil portas.
 Entre brinquedos cantantes, os integrantes foram chegando e se encantando.
Entre cantigas de roda...
 [...] cantigas com estrutura de pergunta e resposta...
 [...] brincadeiras acumulativas...
 Orientações metodológicas voltadas à pratica da oralidade, dentro e fora da sala de aula.
 [...] ditados populares...
 A menina Luiza Albnara da Costa Dias, é a única Acadêmica mirim membro Imortal de uma Academia de adultos, no Brasil. As demais academia criaram assuas academia mirins.
Aprendendo sobre "parlendas, provérbios e trava-línguas e possibilidades de aplicação no fazer artístico".
Os Acadêmicos e integrantes do Curso Espaço de Histórias, tiveram a oportunidade de vivenciar em grande e pequenos grupos, os brinquedos e brincadeiras. 
Todos foram orientados para as apresentações de repertórios da tradição oral brasileira. 
A promoção do encontro resultou na troca de experiências dos elementos da tradição oral brasileira. 
 Todos os participantes tiveram acesso aos elementos populares aplicáveis no trabalho da contação de histórias cênicas, artísticas, pedagógicas, interpessoais...
 Rosilda Figueiro, com o seu projeto dentro da ABCH, proporcionou o resgate de memórias pessoais, a buscar o desenvolvimento das poéticas próprias. 
 Ciro se espreguiçou no desatar dos fios da memória. 
O contador de histórias desata a imaginação, mergulha no encantamento da palavra contada...
(Fotos, organização textual, filmagem e coordenação de Claudete T. da Mata)


12.11.2016 - Trovadores de Trava-Línguas - Pelos Membros Imortais da ABCH

(Rosilda Figueiredo, Lenice Gome, Ciro Ferreira, Andréa de Souza, Pierre Andre, comigo do outro lado da câmara)
 Onde? 
No Centro Integrado de Cultura de Santa Catarina, após o Workshop: "Brincantando a cultura popular" - Projeto de Rosilda figueiredo e ministrado pela mesma.
Em 2017 eles vão estar de volta à Ilha de Santa Catarina.

Filmagem: Claudete T. da Mata

terça-feira, 22 de novembro de 2016

EDITAL DE ELEIÇÃO PARA NOVA DIRETORIA DA ABCH

ACADEMIA BRASILEIRA DE CONTADORES DE HISTÓRIAS (ABCH), SEDE EM SC - ASSOCIAÇÃO DEDIREITOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS, SEM FINS FINANCEIROS.FUNDADA EM 02 DE JUNHO DE 2014, NA CIDADE DE FLORIANÓPOLIS/SC/BR. 1º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS DA COMARCA DE FLORIANÓPOLIS/SC, Nº 40.955 - LIVRO A-0149 / FOLHA 177 EM  07.07.2015 – TABELIONATO IOLÉ LUZ FARIA – OFICIAL; com Registro de Pessoas Jurídicas da Capital do Estado de Santa Catarina / CNPJ - Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica da ABCH (MATRIZ)23.075.093/0001-19.


Gestão 2016-2018
EDITAL 014/2016

Estabelece atribuições, calendário e dá outras providências para convocação da eleição dos membros da diretoria da Academia Brasileira de contadores de História (ABCH), para a gestão 2016-2018.

CRISTINA MAGDALENO LOPES, PRESIDENTE DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CONTADORES DE HISTÓRIAS (ABCH), no uso de suas atribuições legais, de acordo com o Estatuto desta entidade, com base no Capítulo X, torna público que estão abertas as inscrições de chapas para a eleição dos membros titulares e suplentes da diretoria da ABCH. Portanto, ficam convocados os membros da ABCH para a Assembleia Ordinária, que será realizada no dia 7 de dezembro de 2016, de 8h às 19h do dia da votação com a presença da maioria absoluta dos Acadêmicos e uma hora de depois, com qualquer número de Acadêmicos. Informamos que, conforme o Estatuto da ABCH, poderão votar a ser votados todos os Acadêmicos no pleno gozo de seus direitos estatutários, exceto os Honorários e Beneméritos – O Acadêmico que deixar de cumprir o dever do voto não terá desconto nos cursos, convênios e eventos a ser promovidos pela ABCH durante um ano, a contar da data de eleição, receberá correspondência comunicando a perda deste benefício. Serão dispensados do voto os Acadêmicos que comprovarem motivo de força maior, como doença ou ausência do seu domicílio eleitoral com parecer deferido pela diretoria. LOCAL DA ASSEMBLEIA Rua Gumercindo Ferreira, nº 16, Capoeiras, Florianópolis – SC. COMISSÃO ELEITORAL A comissão eleitoral constitui-se dos seguintes membros: Evandro Jair Duarte, Sandro Moacir de Campos e Aparecida Facioli. REGISTRO DAS CHAPAS - Do dia 22 de novembro a 6 de dezembro de 2016. VALIDADE DO MANDATO Dois anos. INSCRIÇÕES DAS CHAPAS - Pelo email claudete_tm@hotmail.com, a partir do dia 22 de novembro de 2016 até às 23h59min do dia 7 de dezembro de 2016. Uma mensagem que confirmará o recebimento da nominata da chapa será enviada pela secretaria da ABCH, por e-mail, ao remetente da mensagem, que se responsabilizará pela veracidade das informações. A nominata deverá conter, ao lado de cada nome, o cargo ao qual o candidato concorrerá. COMPOSIÇÃO DA CHAPA - Cada chapa será composta pelos membros a seguir descritos, de acordo com o Estatuto da ABCH: I – Presidente Executivo, II – Vice-Presidente, III – Secretário Geral, IV – Secretário Suplente, V – Tesoureiro Geral, VI –Tesoureiro Suplente, VII – Bibliotecário (com registro no CRB). As competências de cada um dos integrantes da diretoria são descritas no Estatuto da ABCH, Capítulo X. CALENDÁRIO OFICIAL – 1) 22 de novembro de 2016 - Lançamento do edital de eleição da diretoria. 2) 22 de novembro a 7 de dezembro de 2016 - Inscrição das chapas. 3) 7 de dezembro de 2016 – Assembleia na sede da ACB para eleição e apuração dos votos. 4) 12 de dezembro de 2016 – Assembleia para a posse da nova diretoria e eleição do Conselho fiscal. Registre-se e publique-se.


Florianópolis, 22 de novembro de 2016.
Cristina Magdaleno Lopes - Presidente Executiva da ABCH (2015-2016)

Acadêmcios presentes:
Participantes da Assembleia deste dia 22.11.2016.
Claudete T. da Mata (Presidente Nacional-fundadora da ABCH (Matriz), Idê Bitencourt (Tesoureira Geral da ABCH), Roseli Schutel, Maria Auxiliadora Duarte (Dora Duarte), Joel Vando Vigano,  Evandro Jair Duarte (Bibliotecário da ABCH), Sandro Moacir de Campos, Adriane Forster, Vó Osmariana Maria de Souza, Aparecida Facioli (Secretária Suplente da ABCH), Andréa Rihl Gomes, Andréa Cristine do Rozário - Todos Acadêmicos da ABCH.
Aparecida Facioli, Andréa Rihl Gomes, Andréa Cristine do Rozário. 
Idê Bitencourt, Roseli Schutel, Maria Auxiliadora Duarte (Dora Duarte), Joel Vando Vigano. 
Evandro Jair Duarte 
Roseli Schutel 
Dora Duarte 
Joel V. Vigano 
Andréa Rihl gomes e Seo Frankolino. 
Sandro Moacir Campos 
Adriane Forster

Texto: Evandro Jair Duarte
Fotos: Claudete Terezinha da Mata, do outro lado da câmera.


Dia 12.11.2016 - Em Florianópolis/SC

Membros Imortais da ABCH após o dia da Posse dos novos Imortais da Arte de Contar Histórias.
Uma tarde única com Rosilda figueiredo, Lenice Gomes, Ciro Ferreira e Andréa de Souza.
Agora a ABCH tem quatro Andréas.

De 12 de Dezembro de 2014 a 11 de Novembro de 2016 - Posse de Acadêmicos-Patronos da ABCH (Matriz)

SOLENIDADE DE POSSE OFICIAL PÚBLICA 001/2014/ABCH - INSTALAÇÃO E POSSE DE MEMBROS FUNDADORES
Foi no Centro Integrado de Cultura, espaço de recebimento dos membros Imortais da Academia Brasileira de Contadores de Histórias - ABCH (Matriz), fundada em 02 de junho de 2014, com Instalação e Posse dos membros Fundadores, em 12 de dezembro de 2014. 
Da direita à esquerda: Claudete Terezinha da Mata, Maria Teresinha Debatin, Maria Sônia de Souza, Luiza Albnara, Andréa Cristina da Costa Dias, Mariani Aparecida da Cunha, Patrícia Karla Firmino (Atualmente, desligada definitivamente da ABCH, por vontade própria. Porém, continua colaborando com a ABCH), Tania Denise da Silva Meyer, Aparecida Facioli, Maria auxiliadora duarte (Dora Durate), Osmarina Maria de Souza, Idê Bitencourt, Saray Martins (Atualmente, desligada definitivamente, por forças do destino), Evandro Jair Duarte, Cristina Magdaleno Lopes.

Registro Especial: A ABCH nasceu na Oficina Literária Boca de Leão/OLBL, quando a Presidente Nacional-fundadora, Me. Claudete T. da Mata levou o seu sonho aos integrantes que abraçaram a causa e juntos, os contadores de histórias da OLBL, acompanharam e fizeram parte da revisão do projeto (Estatuto). Juntos concluíram a gestação deste sonho não sonhado só; juntos fizeram nascer a ABCH. Durante a revisão estatutária, foi registrado como Vitalícias as Cadeiras 01 à Presidente Nacional-Fundadora da ABCH e a Cadeira 15 à Madrinha da ABCH, também Acadêmica-Patrona, Maria Teresinha Debatin.

Passado 1 ano de existência, a ABCH recebeu mais 22 Acadêmicos-Patronos de suas próprias Cadeiras, em 13 de Novembro de 2015.

SOLENIDADE DE POSSE OFICIAL PÚBLICA 002/2015/ABCH - INSTALAÇÃO E POSSE DE MEMBROS FUNDADORES 

(A´pós todas as chamadas de posse, uma Homenagem ao Mestre Francisco Gregório, com a Medalha Grão Patrono Franklin Cascaes, pelos serviços prestados à cultura e à educação brasileira)

Acadêmicos-Patronos de suas próprias Cadeiras, da direita à esquerda: 
(1) Jose Antonio Ferreira (Ciro) (MGS), (2) Andréa Cristine do Rozário (SC), (3) Camila Luana Genaro da Silva Santos (SP - Camila Genaro),  (4) Amaridis de Souza (RJ), (5) Mestre Francisco Gregório Filho (Acre), (6) Joana Darc (Goiás), (7) Eduardo Bolina (SC), (8) Ivani Magalhães (SP), (9) Ademir Apparício Júnior (SP), (10) Rosilda Figueiredo (MG), (11) Ozeny Ramos (MGS), (12) Albertina Saudade da Teixeira (Portugal), (13) João Bello (Paraná), (14) Fabrícia de Brito (BH), (15) Gleise Pires (SC), (16) Léa Palmira da Silva (SC), 
(17) Natália Severiano Bueno (SP), (18) Roseli Schutel (SC), (19) Aline da Silva Meyer (RGS), (20) Andréa Rihl Gomes (SC - Guardiã de Seo Frankolino), (21) Mara Salla (RGS - com a tocha acesa) e (22) Sandro Moacir de Campos (SC). 

Passado 2 ano de existência, a ABCH recebeu mais 13 Acadêmicos-Patronos de suas próprias Cadeiras, em 11 de Novembro de 2016.

SOLENIDADE DE POSSE OFICIAL PÚBLICA 002/2015/ABCH - INSTALAÇÃO E POSSE DE MEMBROS FUNDADORES 
Da direita à esquerda: (1) Andréa de Souza (Seará), (2) Fábio Aurélio Castilho (SC), (3) Fábio Vieira Pereira (Fábio Perere - Espírito Santo), (4) Adriane Forster (SC), (5) Cleber Fabiano (Paraná), (6) Cláudia Maria de Oliveira (Espírito Santo - Claudia Viuvanegra), (7) Tere Bursatto (BH), (8) Ana Esther Pitan Balbão (RGS), (9) Lenice Gome (Recife - Olinda), (10) Raquel mazera Poffo (SC), (11) André Pierre (Minas Gerais), (12) Joel Vando Vigano (SC), (13) Lígia Barreto (SC).
O CONTADOR DE HISTÓRIAS, NA SUA MILITÂNCIA PELA ARTE DA PALAVRA,
LEVA  MUNDO A FORA OS ENCANTOS DOS CONTOS
A DESATAR A IMAGINAÇÃO DE CRIANÇAS E CRIANÇOLAS.
NÃO IMPORTA QUAL SEJA A IDADE DO CORPO,
PORQUE A ALMA É LIVRE AONDE QUER QUE VÁ...
AONDE QUER QUE SE PERMITA ESTAR E SER...
O IMPORTANTE É ADENTRAR O UNIVERSO SAGRADO,
CULTIVAR A IMAGINAÇÃO,
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e barba
CONVIDAR O OUTRO PARA UMA VIAGEM ÚNICA...
ASSIM, O CONTADOR DE HISTÓRIAS QUE VESTE A CAMISETA DA ABCH, SUA PARKA, SEU CETRO/CAJADO, SEU CORAÇÃO EM FAMÍLIA, 
ONDE QUER QUE ESTEJA,
LÁ ESTÁ A ALIMENTAR OS FIOS DA MEMÓRIA DE SUA E DE MUITAS INFÂNCIAS...
É O SE PERMITIR PARA SE DESPUDORAR NA ARTE DE BRINCAR NA CHUVA DE MÃOS DADAS COM AS HISTÓRIAS 
E LEVAR A TODOS OS VENTOS,
A PALAVRA CONTADA, FALADA, DITA, CANTADA, TOCADA COM O CORAÇÃO...

VAMOS NOS ENCANTAR? VAMOS?
ENTÃO VAMOS...

(Texto de Claudete Terezinha da Mata e Fotos de Colaboradores e amigos da ABCH) 
Depois vem mais fotos.


domingo, 20 de novembro de 2016

08.11.2016 - Continuidade da Oficina ABCH: "Contar e ler - ler e contar! Ministrante autoral, Francisco Gregório Filho - Acadêmico da ABCH.

Dia 08 de Novembro com mais chuva de saberes!
Mestre Francisco deu a todos o tempo de falar sobre sua história. Aquela em que você fazia parte e alimentava os fios de suas memórias a cada experiência... Vó Osmarina falou sobre as suas vivências no Morro do 25, em Florianópolis. Também nos revelou histórias de encantar, de sentir saudades... 
O próprio Mestre Francisco trouxe revelações sobre as histórias que ouvia de sua mãe. foram revelações que também expressou o cuidado com as meninas da família, quando ficavam moças. Momentos de trazer a todos o respeito que aprendeu a ter pelas mulheres, desde a sua meninice... 
 Nosso Saci, o Imortal ABCH, Ademir Apparício Júnior nos apresentou seu amor às histórias que sua avó sempre lhe contou. ele está a levar "Os Contos que minha avó contava", por onde passa. Ele tem ou não tem cara de Saci?
 Nosso Gnomo da ABCH, Sandro Moacir de Campos também nos encantou com um pouco de sua história que marcou a sua infância interior.  
Nossa Imortal Roseli Schutel, teve sua vez de falar um pouco da história que mais marcou o seu bem querer na sua meninice. 
Prestes a tomar posse na ABCH, dia 11.11.2016, Pierre André de Bello Horizonte, expressou sua felicidade em estar alimentando sua infância com os conhecimentos socializados por Mestre Gregório. Falou sobre sua carroça e o seu pedal literário levados às praças e outros cantos de sua cidade, que muito tem encantado crianças de todas as idades. Falou sobre seu amor pelo que faz na sua militância na arte da palavra contada... 
 Cada integrante do Espaço de Histórias, assim como os acadêmicos da ABCH puderam expressar as suas vivências e compartilhar um pouco de si com os presentes.
 Andréa Dias, encantada com a experiência e as oportunidades de estar com tantas pessoas preciosas.
 Hora do Mestre narrar uma de suas histórias do seu Livro: contar e Ler, Ler e Contar, o qual ele deu um exemplar a cada participante.
 Após sua história, todos foram inserido numa leitura compartilhada. 
 Após leitura, os ensinamentos únicos, desses que só um velho mago consegue transmitir.
 Ele não se contem e começa a cantar mais uma narrativa de repetição a envolver todos no seu encantamento. 
 Adriane Forster e Luana estão embebecidas diante do saber sem fronteiras. 
No processo de formação do contador de histórias do nosso Espaço de Histórias, nada se esconde - tudo se revela.
Nossa Acadêmica, Osmarina Maria de Souza, uma "Contadora de Histórias da História", participou da Oficina no segundo dia. ela disse uma de suas crônicas. 
 Vó Osmarina encantou a todos com a sua "Mulata Faceira" - Crônica que fala sobre a sua juventude e outros momentos vividos no século 20.
 Ela narra as histórias, dança, canta e poetiza a vida.

 Seu corpo fala e dança a dança que o tempo não traz mais.
E só nos resta saber sobre tudo o que ficou guardado nos fios da memória de Osmarina.
 IMAGINAR, É PRECISO... 
 lER A FALA DO CORPO, TAMBÉM É PRECISO...
 SENTIR AS EMOÇÕES NO ROSTO DE CADA UM, TAMBÉM É PRECISO...
 o CORPO DE TODAS AS MULHERES OCULTAS, FALA MESMO SEM ESTAR EM MOVIMENTO REAL.
 OS HOMENS QUE APRENDERAM A GOSTAR DE MULHERES SÁBIAS, TAMBÉM SABEM OUVI-LAS DIZER A POESIA DO CORAÇÃO. 
 MESTRE FRANCISCO É UM DESSES HOMENS QUE SABEM DAR FLORES ÀS MULHERES. E COM ELE OUTROS HOMENS TAMBÉM APRENDEM COM GUARDAR AS MATRIARCAS.
 HÁ QUEM NÃO DESEJA SABER O QUE EXISTE NO FUNDO DE CADA MULHER OCULTA POR SENTIR O SEU VALOR...
 ASSIM, ESTAR TODOS NUMA SÓ CIRANDA.
 CIRANDA ONDE OS MAIS VELHOS ENSINAM OS MAIS NOVOS ÁVIDOS DO DESEJO DE SABER, DE APRENDER MAIS UM POUCO.
ADRIANE FORSTER, NOSSA MAIS NOVA ACADÊMICA, ÁVIDA DE PRAZER DO DESFRUTE DO IMAGINÁRIO SAGRADO JUNTO DO NOSSO FRANCISCO GREGÓRIO FILHO.

GRATIDÃO, QUERIDO MESTRE E IMORTAL DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CONTADORES DE HISTÓRIAS. 
EM 2017 ESTAREMOS DE VOLTA. 
OBRIGADA POR TODOS OS ENSINAMENTOS DEPOSITADOS NOS FIOS DA MEMÓRIA DE CADA PARTICIPANTE, NOS DIAS 07 E 08 DE NOVEMBRO. 
APRENDER COM OS SÁBIOS, É UM GRANDE ACHADO DO DIVINO.
OBRIGADA!