sexta-feira, 9 de novembro de 2012

OFICINA DE PRODUÇÃO TEXTUAL E CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

GRUPO BOCA DE LEÃO

Em Florianópolis, no ambiente da Biblioteca Pública de Santa Catarina, nossa grande parceira, na Rua Tenente Silveira, em frente do Banco Itaú, implantamos a Oficina de Produção Literária "Boca de Leão", com a aprovação e o apoio da Fundação Catarinense de Cultura, sob a Coordenação de Claudete T. da Mata, pedagoga, psicopedagoga clínica e educacional, contadora de histórias cênicas e de improviso, bonequeira e produtora de teatro de bonecos contadores de histórias, atriz e escritora.
Em sistema permanente, com encontros quinzenais, sempre nas terças-feiras, esta Oficina é um local de preparação de escritores, sem a fabricação deles, assim como as diferentes academias de arte - já seculares e incorporadas ao quotidiano - que não fabricam pintores, escultores, músicos... Mas sim, um lugar de criação textual troca de ideias e reflexões em grupo, onde cada sujeito se permite ouvir os aconselhamentos do grande grupo, tal como acontece no seu cotidiano.
A história nos mostra que o momento estético em que vivemos já não contempla mais o espaço para o "ignorante-iluminado", aquele escritor que desconhece seus métodos de composição e não consegue pensar sobre eles. Na atualidade, o escritor é versado não apenas naquilo que se denomina de cultura geral, mas sim em alguém que sabe discorrer sobre suas obras.
Se for possível pensarmos a existência de pintores primitivos, não há como pensarmos sobre escritores primitivos, mesmo que todos tenham passado pelos primeiros ensaios pictóricos, na infância, quando registravam suas primeiras criações. Mas hoje, adultos e conscientes do que querem trazer ao mundo, é sábio lembrar que todas as criações textuais, resultam de muito estudo, muita leitura, busca de informação (pesquisa), cultura, conhecimento técnico ético, troca e socialização de ideias e ideais.

Sabe-se que, um número expressivo de escritores atuais vem dos meios acadêmicos, uma tendência universal. Já outros, surgem da busca pela concretização de seu sonho - desejo de exteriorizar as suas experiências de mundo, suas competências cognitivas e criativas, sem jamais terem frequentado os bancos universitários.
Pensando no todo, em prol da "Arte de Escrever" um espaço sem privações de gênese e vivências dessa nova categoria de escritores, acontece na Oficina Boca de Leão, que, além de priorizar as produções textuais, também se preocupa em trabalhar o escritor contador de histórias, e de forma crescente novos escritores provirão desta oficina, lugar onde suas portas não se abrem às raízes dos preconceitos e equívocos, que levam muitos autores a acreditarem somente no próprio Ego.
Na Oficina Boca de Leão, não se divide autores entre talentosos e não talentosos, uma seleção inaceitável no grupo e no mundo em que todos se esforçam para, sem o ranço da discriminação, assimilar e integrar a diversidade que compõe o universo das letras, respeitando as diferenças autorais.
 
Historicamente, as oficinas literárias sempre existiram, e apenas agora se institucionalizam sob a forma de espaço de aprendizagem - organizado por um escritor que é, ao mesmo tempo, o professor.
Esta oficina evidencia pela produção de seus alunos, principalmente aqueles que não tiveram tolhidas as formas individuais de expressão literária; muito ao contrário, permitindo que suas produções passem pela discussão coletiva, a qual propicia as diversidades estilísticas de conteúdo, fazendo com que o aluno escritor se aventure pela inovação estética e ética.
Cabe-nos salientar, que o fato de frequentar uma oficina não transforma ninguém em escritor, assim como frequentar uma escola de música não transforma ninguém em músico.
 
É possível realizar uma carreira ou uma brilhante obra literária - e até ganhar o Prêmio Nobel - sem que se passe por uma oficina. A história está aí para comprovar de modo esmagador; contudo, numa oficina os caminhos tornam-se mais breves, e as possibilidades de erros de percurso são bem menores.



Não sendo o fim e nem o começo de nada, a Oficina Literária Boca de Leão demonstra ser uma passagem para os novos escritores, e de reconhecido proveito pelos seus integrantes, àqueles que não medem esforços na sua caminhada, permanecendo nela desde o seu nascimento – 24 de julho de 2012.
GRUPO BOCA DE LEÃO MIRIM - 30.10.2012

Um por todos, e Todos por um!
GRUPO DA BPSC - CENTRO, FLORIANÓPOLIS/SC
                                                    ALINE CIPRIANO AQUINI
ANDREIA CRISTINA DA COSTA DIAS
DORA DUARTE
EVANDRO JAIR DUARTE
GABRIEL MARIANO COSTA
IDÊ MARIA BITENCOURT BECK
LÍLIAN BARRETO MANARA
LUIZA ABNARA DA COSTA DIAS
LUCIANA BIANCKIN
MARCELA MARCHADO MARTINS
MARELI INÊS SEGAT
MARIA JÚLIA TOMEDI
MARIANI APARECIDA DA CUNHA
MARIANA LAPOLLI
MARIA DE FÁTIMA MARIANO
SABRINA FRANCISCA VIEIRA
SARAY MARTINS
VIVIANE REGINA DOS SANTOS
WAGNER HÖRBE
 
COORD. CLAUDETE TEREZINHA DA MATA
 
GRUPO DA BMPBF - ESTREITO/FLORIANÓPOLIS/SC
 
                                           
                                                   Anderson L. S. Jr.
                                                   Ayane S. M. N. V. P.
                                                   Gabriela N. B.
     Igor Alexandre A. C.
                                                   Leonardo S. M. G.
                                                   Leonardo V. P.
                                                   Lucas C. S.
                                                   Luis Wagner S. G.
                                                   Maria Alice A. A.
                                                            Maria Clara P. R.
                                                   Matheus M. S.
                                                   Nathany M. S.
                                                   Nicolas F. O.
                                                   Rafael G. S.
                                                   Victor Hugo A. C.
                                                   Vitor Hugo dos S.
 
                                                   Vitória C. de S.
Wesley de S. da R.
                                                    Yasmim D. de A.
 
 COORD. CLAUDETE TEREZINHA DA MATA
 
Venha fazer parte deste Grupo, venha!